solicite uma proposta
Blog

Ter ou não ter uma equipe interna de marketing digital?

Há muitas questões em torno da decisão de uma empresa que pretende começar a investir em marketing digital. A principal delas é: em quem você confia para essa tarefa, em uma equipe interna ou em uma agência de marketing digital?

De acordo com um relatório da eMarketer, em 2019, o Brasil concentrou os maiores investimentos em publicidade digital, cerca de 50,7% do total de 9 bilhões de dólares previstos para os países da América Latina. Definitivamente, as empresas brasileiras estão decididas a investir em marketing digital. Mas, com recursos e tempo limitados, encontrar um time perfeito é desafiador.

Uma equipe interna de marketing bem-sucedida requer pessoas, habilidades e recursos para divulgar sua mensagem ao público de forma eficaz. Antes do início desse processo, é preciso decidir quem contratar para fazer isso: afinal, é melhor agregar talentos internos ou contratar uma empresa de marketing para assumir a liderança?

A resposta é “depende”, porque sua decisão deve ser influenciada por fatores ligados ao seu negócio e às suas necessidades, combinados ainda às características de uma equipe interna de marketing digital ou de uma equipe externa. Continue a leitura para saber quais fatores são esses!

O que considerar para ter uma equipe interna de marketing digital

1. Custo financeiro

Para tomar a decisão, primeiramente, é preciso considerar os custos de contratar uma empresa de marketing digital ou investir em uma equipe interna.

Lembre-se de que há um custo alto para selecionar funcionários ou recrutar novas pessoas para realizarem a tarefa internamente. Isso porque não é nada fácil criar uma área a partir da estruturação de uma equipe interna, já que você terá um volume considerável de entrevistas pela frente, passando por um processo demorado de seleção.

Ao lado da dificuldade de encontrar pessoal qualificado, você ainda precisará providenciar equipamentos e softwares para que a equipe possa trabalhar e manter-se atualizada, além de lidar com a rotatividade do mercado. Somando-se a isso salários, férias e outros benefícios, cada funcionário custará, por ano, bem mais caro do que uma equipe externa.

Todo esse processo implica em tempo e dinheiro, impactando diretamente no resultado final. Se você está pensando em uma equipe de marketing digital interna e enxuta, tenha em mente que esses profissionais não terão apenas que criar as campanhas, mas também gerenciá-las e acompanhá-las, por isso pode ser que duas ou três pessoas não sejam suficientes para lidar com o trabalho.

O ideal, nesse caso, é que sua empresa analise todos os custos em relação ao orçamento, para decidir qual opção é financeiramente mais viável.

2. Necessidades de marketing

Selecionar alguém internamente para lidar com as estratégias de marketing digital pode significar uma aposta em um profissional que já está familiarizado com a marca. No entanto, talvez essa pessoa não esteja tão habituada às diferentes oportunidades de marketing, habilidade que pode fazer toda a diferença no resultado.

Existem diversas soluções de marketing que um profissional interno pode utilizar, como mídias sociais e e-mail marketing, mas pode haver ferramentas específicas que alguém de fora é capaz de considerar com mais aplicabilidade, como otimização de mecanismos de busca, por exemplo.

Além disso, profissionais de marketing digital costumam ter duas ou três habilidades, por isso as melhores contratações são de especialistas em áreas específicas, com uma ampla compreensão do cenário de marketing digital e que provavelmente exigirão melhores remunerações – portanto, esteja preparado financeiramente se for tomar essa decisão.

Por que contratar uma empresa externa de marketing digital?

Equipes internas de marketing digital são tipicamente pequenas. Muitas empresas são capazes de contratar apenas dois ou três funcionários com certas habilidades em marketing digital, mas limitados em outros aspectos. 

Quando você trabalha com uma consultoria ou agência, você tem acesso a um time completo, incluindo especialistas em SEO, criação de conteúdo, mídias sociais, desenvolvedores e designers gráficos.

Se você já escreveu conteúdo para alguma postagem de blog ou para atualizar o site da empresa, visando ranqueá-lo melhor nos buscadores, deve ter uma ideia do tempo que isso leva. Por isso é que não vale a pena você ou sua equipe dedicarem um tempo valioso em projetos que não fazem parte do escopo de atividades principais. Deixe esse trabalho para uma agência e aproveite o tempo na parte estratégica do seu negócio.

Além disso, sendo parte da empresa, pode ser que você tenha alguma dificuldade em perceber novas perspectivas e diferentes pontos de vista de clientes e audiências. Nesse sentido, um time externo costuma oferecer um olhar mais crítico, necessário para criar novas campanhas e conectá-las perfeitamente com o público-alvo.

Por fim, o custo mensal de trabalhar com uma agência externa é inferior aos débitos gerados por uma equipe interna de marketing digital. Isso significa que você pode ter um time completo por um valor inferior a dois ou três funcionários na sua folha de pagamentos.

Conclusão: tenha uma equipe interna de marketing digital; e uma externa também

Você já tem muitas responsabilidades e não há tempo suficiente para lidar com o trabalho que envolve uma campanha de marketing bem-sucedida. Você chegou ao ponto de precisar de um departamento de marketing e, agora, a decisão a ser tomada é contratar uma equipe interna ou trabalhar com uma agência externa.

Ambas as equipes têm seus méritos, por isso é preciso pensar nas suas metas de marketing específicas e no seu plano de crescimento de longo prazo para decidir se trabalha com uma agência de marketing ou contrata funcionários internos. O mais comum – e recomendado – é trabalhar com uma combinação de equipes interna e externa.

É indispensável também ter uma pessoa interna que faça a ponte com a agência, dando suporte e informações necessárias para o bom desempenho do trabalho.

As grande empresas geralmente terceirizam o marketing para agências externas, quando têm excesso de trabalho ou estão procurando inovações. Muitas empresas de pequeno a médio porte também contratam um gerente de marketing interno para supervisionar a equipe externa.

Como você viu, dá para fazer um bom trabalho de marketing digital, utilizando recursos humanos e financeiros de forma adequada, atendendo aos anseios e ao orçamento de cada empresa.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Privacy Settings
We use cookies to enhance your experience while using our website. If you are using our Services via a browser you can restrict, block or remove cookies through your web browser settings. We also use content and scripts from third parties that may use tracking technologies. You can selectively provide your consent below to allow such third party embeds. For complete information about the cookies we use, data we collect and how we process them, please check our Privacy Policy
Youtube
Consent to display content from Youtube
Vimeo
Consent to display content from Vimeo
Google Maps
Consent to display content from Google
Spotify
Consent to display content from Spotify
Sound Cloud
Consent to display content from Sound