solicite uma proposta
Blog

O que é Storytelling e como aplicar no marketing digital?

Conhecer as técnicas de comunicação e marketing de conteúdo para se comunicar com seu público real é fundamental para conseguir criar o melhor relacionamento possível com ele. E saber o que é Storytelling e empregá-lo na sua estratégia de marketing digital pode fazer toda a diferença nessa hora.

Segundo um infográfico do Oberlo, o Google processa mais de 8,5 bilhões de pesquisas por dia e, por isso, sabemos que se destacar dos concorrentes é um desafio, mas técnicas como o Storytelling podem ajudar uma marca a se tornar ainda mais relevante ao usuário.

Neste conteúdo, vamos abordar o que é essa técnica, seus benefícios, como empregá-la no dia a dia da sua estratégia de marketing digital e muito mais. Então, para aprender tudo isso, continue a sua leitura!

O que é Storytelling? 

Storytelling é uma técnica de escrita que auxilia e torna melhor a contação de histórias, fazendo com que o leitor realmente se envolva emocionalmente com aquele conteúdo, seja ele qual for.

Independente de formatos ou tipo de veiculação, é possível aplicar essas técnicas e boas práticas para fazer com que uma ótima relação seja construída entre a marca e seus usuários.

Além dessa técnica ser usada no universo do marketing e publicidade, é bastante empregada no mundo televisivo e cinematográfico, afinal, todo filme, série e novela contam uma história aos telespectadores e observar essa narrativa te faz enxergar as boas práticas de Storytelling contidas nesses meios também.

O principal objetivo do Storytelling é prender o leitor e cativá-lo e, para fazer isso com sucesso, é fundamental entender quem é seu público. Isso é bem possível através de uma ferramenta bem poderosa: a definição das personas.

Quando uma marca tem o diferencial de saber com quem está falando, traça uma estratégia de comunicação para conversas corretamente e sutilmente com esse público, sem querer vender a todo momento, é aí que será possível transformar seus clientes em brand lovers, que são aquelas pessoas que, para além do produto, amam a ideologia e essência de uma marca.

Então, ao fazer bem um Storytelling é possível ir além com uma marca e conseguir relações muito mais fortes e duradouras, fazendo com que, a empresa em si, gaste menos para reter esses clientes do que para converter novos usuários.

Os principais elementos para conseguir exercer um bom Storytelling em seus conteúdos são: 

  • A narrativa precisa ter uma mensagem, um propósito;
  • É importante transmitir uma ambientação detalhada, facilitando que o leitor entenda e visualize onde se passa a história;
  • Deixar claro quem é o personagem, ainda que ele seja o próprio leitor;
  • Toda boa história precisa de conflitos e, além disso, que os mesmos sejam superados ao longo da narrativa;
  • Começo, meio e fim – isso é fundamental para que o leitor realmente entenda o que está sendo contado.

Para finalizar esse tópico, a título de curiosidade e complementação, o Storytelling como uma ferramenta que auxilia a comunicação digital começou a ser estudado no início dos anos 90 (para ser mais preciso, em 1993), quando Joe Lambert lançou o projeto “American Film Institute”.

Nesse projeto de Lambert, as pessoas eram incentivadas a contar suas histórias de vidas com uma linguagem voltada para o ambiente digital e, assim, ele foi conseguindo ter base teórica para realizar seus estudos.

Agora que você já sabe o que é Storytelling, que tal ver como relacioná-lo com o marketing, descobrir seus benefícios nesse meio e, finalmente, aprender como aplicá-lo no dia a dia? Veja abaixo!

Storytelling marketing 

O Storytelling no marketing surgiu, justamente, com a ideia de conseguir novos clientes e fidelizar os antigos, facilitando que a marca crie uma boa relação com seu público, indo muito além do foco somente na conversão.

Quando entendemos que só conversão e utilizar de uma linguagem mais agressiva para forçar a compra não é a maneira ideal para fazer com que os clientes gostem e voltem a comprar de uma marca, é o momento em que a empresa precisa buscar por alternativas para atingir esse ponto, mas, claro, sem deixar os resultados de lado.

Aqui, já sabemos de alguns dos principais benefícios que um Storytelling bem feito pode trazer, mas ele também pode ajudar a aumentar vendas com produção de conteúdo, quer saber como? Siga com a sua leitura!

4 benefícios do Storytelling no marketing

Já sabemos que uma marca precisa causar um impacto na vida das pessoas e que podemos usar técnicas de comunicação para isso. Por isso, agora vamos ver quais são os quatro benefícios de usar Storytelling dentro do marketing.

1. Desperta gatilhos mentais

Uma técnica que é muito usada no marketing para despertar as emoções do público e fazer com que as pessoas, mesmo que inconscientemente, tomem uma decisão ou optem por um caminho específico é o emprego de gatilhos mentais na comunicação. 

Existem diversos tipos de gatilhos e formas de ativá-los nos conteúdos, mas é fundamental usar o gatilho certo na hora certa para que eles tenham o resultado esperado e para que não fique evidente que a marca está tentando guiar a pessoa para uma determinada decisão.

Alguns dos gatilhos mentais que existem são: 

  • Escassez, 
  • Urgência, 
  • Autoridade, 
  • Reciprocidade, 
  • Prova social, 
  • “Porquê”, 
  • Antecipação, 
  • Novidade, 
  • F.O.M.O. (fear of missing out), entre outros.

Cada um deles podem ser ativados discretamente em um conteúdo para blog, sites, copies de campanhas, entre outros formatos de conteúdos. E os gatilhos mentais utilizam de mecanismos que já existem no cérebro humano para criar uma sensação que o faça tomar uma decisão, por isso oferecem ótimos resultados, se bem aplicados. 

2. Fortalece o Branding da marca

Como já citamos anteriormente, para além de só pensar em fazer com que um usuário converta, é mais vantajoso para uma marca fazer com que ela recompre, pois, assim, a empresa pode economizar dinheiro gasto para adquirir novos leads, já que esse já está fidelizado.

Além disso, o Storytelling ajuda no branding da marca, fazendo com que ela se torne conhecida por todos e uma referência em seu segmento de atuação e, claro, que todo mundo prefere comprar ou contratar um serviço de quem se destaca no seu meio. Por isso, é fundamental trabalhar a imagem de uma empresa, isso com certeza fará com que os resultados de conversão decolem.

3. Engajamento 

O engajamento digital é outra métrica que também pode melhorar muito com uma boa aplicação da técnica de Storytelling. Inclusive, isso pode ser feito através das redes sociais.

Uma marca “case” quando falamos de usar a contação de histórias para cativar o público nas redes sociais é a Netflix Brasil. Eles usam o Instagram e o Twitter, principalmente, para se aproximar de seu público e, assim, com muito sucesso, fazem com que as pessoas queiram consumir os conteúdos de sua plataforma.

No setor financeiro, outra marca muito engajada e que usa o Storytelling ao seu favor nas redes sociais é o roxinho mais famoso do país, o Nubank. Eles também conseguiram definir uma linguagem perfeita para abordar temas que nem sempre foram tão simples para os brasileiros e, hoje, possuem muitos brand lovers, tendo até loja com produtos com a logomarca da empresa. Incrível, não é mesmo?

Claro que essas duas marcas utilizam mais técnicas, além do Storytelling, mas são ótimas inspirações para você e seu time estudarem antes de iniciar a implementação dessa ferramenta de comunicação dentro do projeto.

4. Identificação do cliente com a marca   

Para criar um relacionamento saudável entre cliente e marca é necessário que o lead tenha uma identificação com a marca. Isso pode ser feito através dos valores definidos, da comunicação empregada e da implementação de ferramentas como o Storytelling.

Guiando o leitor de um ponto A até o ponto B, sem que ele perceba, e oferecendo a ele informações relevantes e materiais que ajudem no seu dia a dia, são algumas das formas de uma marca se fazer presente e conseguir criar um bom relacionamento com o público.

Mas, para não parar por aí, é necessário pensar além. Algumas das questões são: como reter esse usuário? Como fazer com que ele tenha uma das melhores experiências possíveis? Como me manter presente em seu dia a dia, o ajudando? E aí por diante.

Pensar também nos valores e ideais que serão propagados na comunicação da marca pode gerar a identificação das personas para com a mesma. Toda a comunicação precisa expressar esses pontos, a fim de que a estratégia seja bem sucedida. 

Até aqui você já aprendeu o que é Storytelling, a relação dele com o marketing e viu quais são os principais benefícios de colocar essa ferramenta em prática em uma estratégia de marketing, então que tal agora descobrir como aplicar isso tudo no seu projeto? Confira a seguir!

Como aplicar Storytelling no marketing digital?

É possível fazer Storytelling em diversos formatos de conteúdo, sendo alguns deles vídeo, artigo para blog, redes sociais, e-mail marketing, depoimentos, landing pages e até mesmo no relatório de SEO.

Defina o propósito da marca ou da campanha

Podemos trabalhar o storytelling em todo e qualquer material que tenha uma mensagem e possua conteúdo, partindo sempre do propósito final que a marca quer com um determinado projeto.

Defina a persona e qual a sua jornada 

Outros fatores essenciais que precisamos ter na manga para construir uma estratégia ideal de comunicação e marketing digital é entender a jornada do cliente e fazer a definição de persona para saber como e quando falar com cada tipo de público. Todo esse estudo inicial valerá a pena na hora de colher os resultados durante o andamento do projeto.

Invista na experiência do cliente 

Agora, voltando para a aplicação do Storytelling no marketing, é essencial oferecer além de conteúdo e conhecimento, uma experiência cativante para os leitores, a fim de que eles se interessem pelo que está por vir.

Mostrar sempre o lado humano da marca e dos fundadores pode ser uma alternativa para fazer com que os possíveis e futuros compradores se sensibilizem e se identifiquem com o conteúdo oferecido.

Além disso tudo, como o Storytelling é uma técnica de comunicação é preciso se ater a forma que a marca irá comunicar sua mensagem, trazendo sempre uma linguagem gesticulada (seja ela oral ou escrita), coerente, estruturada (com começo, meio e fim) e que esteja conectada e envolvida com os ideais maiores da marca. Todos esses pontos são importantíssimos quando queremos criar um relacionamento entre marca e clientes. 

A observação e mensuração dos resultados de conteúdos também podem ser usados para lapidar a estratégia e saber o que funciona ou não para o seu público, por isso, esteja sempre atento a esses fatores e em como as pessoas recebem cada tipo de conteúdo.

Use as técnicas de Storytelling a favor da comunicação

Existem também algumas técnicas e cuidados dentro do Storytelling que podem ajudar para que ele realmente tenha os resultados esperados, sendo elas:

  • Dramatização; 
  • Antagonismo; 
  • Narrativa apresentada em primeira pessoa; 
  • Onde a história vai acontecer; 
  • Acontecimento emocional – definir um objetivo; 
  • Acontecimento improvável – criar empatia pelo personagem; 
  • Conflito para solucionar; 
  • Copywriting; 
  • Tomar cuidado ao inventar uma história: se for mentira, pode ser ruim para a marca!

Faça um bom Storytelling e cative seu público!

Vimos que uma boa contação de histórias pode fazer toda a diferença na visão que as pessoas possuem de uma marca, por isso, o Storytelling pode ser um ótimo aliado na hora de se relacionar com as personas.

Não adianta também somente sair contando histórias, sem ter uma estratégia por trás disso ou sem seguir as boas práticas, pois isso pode, ao invés de ajudar a marca a se tornar referência, fazer com que ela construa uma imagem muito negativa perante as pessoas.

Para ter sucesso com essa ferramenta comunicativa é preciso ter uma equipe expert em marketing de conteúdo e, caso não tenha profissionais dessa área para colocar tudo isso em prática aí do seu lado, saiba que têm empresas, como a Web Estratégica, que oferecem serviços de qualidade de produção do marketing de conteúdo para que outras empresas conquistem e cativem seu público.

E aí, gostou do nosso conteúdo sobre o que é Storytelling? Então, leia também o artigo: Criando conteúdo para diferentes estágios da jornada do cliente

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Privacy Settings
We use cookies to enhance your experience while using our website. If you are using our Services via a browser you can restrict, block or remove cookies through your web browser settings. We also use content and scripts from third parties that may use tracking technologies. You can selectively provide your consent below to allow such third party embeds. For complete information about the cookies we use, data we collect and how we process them, please check our Privacy Policy
Youtube
Consent to display content from Youtube
Vimeo
Consent to display content from Vimeo
Google Maps
Consent to display content from Google
Spotify
Consent to display content from Spotify
Sound Cloud
Consent to display content from Sound